SAC SAC Deficiente Auditivo ou de Fala contato para deficientes Auditivos
26/03/2018

Liminar suspende novas regras sobre local de incidência do ISS

26/03/2018

Você está preparado? Veja o impacto da transformação digital no mercado de trabalho

26/03/2018

Focus: IPCA para 2018 cai de 3,63% para 3,57% A projeção para o índice em 2019 caiu de 4,20% para 4,10%

26/03/2018

Banco Central reduz custo do cartão de débito

26/03/2018

O desafio para vender serviços em tempos de retração na economia

23/03/2018

União Seguradora dá prêmio de capitalização

28/02/2018

Recadastramento das corretoras de seguros Pessoa Jurídica tem início nesta quinta, 1º de março; SINCOR-GO oferece apoio gratuito a corretoras associadas

28/02/2018

Seguro customizado é tendência no mercado brasileiro

28/02/2018

Seguradora Líder fala sobre modelo de centralização

01/02/2018

Seguradoras sobem 3% e renovam máxima histórica; siderúrgicas estendem rali e Petrobras avança com petróleo

01/02/2018

Seguradoras despontam como o setor mais propenso a mudar o relacionamento com os fornecedores neste ano

01/02/2018

Presidente da Aconseg-RJ vê 2018 com confiança

01/02/2018

Congresso de Corretores de Seguros do Sul do Brasil - BRASESUL/2018

22/12/2017

Gaspar Luiz Machado, 60 anos dedicados ao Mercado Segurador

30/11/2017

Grupo Aspecir apoia o Festival Hípico Noturno

10/11/2017

Urbim, uma vida dedicada ao Mercado Segurador

30/10/2017

Eventos marcam os 500 anos da Reforma Luterana em Porto Alegre e Santa Rosa

30/10/2017

Troféu JRS - 15 anos

19/10/2017

Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama

02/10/2017

Destaques do Mercado de Seguros de Vida e Previdência

22/09/2017

Susep vai regulamentar seguro funeral

22/09/2017

Especialista em educação financeira dá dicas para quem deseja se aposentar

22/09/2017

Governo quer clareza de informações na era digital

21/09/2017

Setor de seguros supera R$ 1 tri e pode trazer novo ciclo, afirma presidente da CNseg

19/09/2017

José Cairoli, governador do RS em exercício, prestigia ação do Grupo Aspecir, no Acampamento Farroupilha

11/09/2017

Troca de previdência privada ganha força com reforma na aposentadoria

11/09/2017

Produção de seguros sobe 0,6% até junho em termos homólogos - ASF

04/09/2017

Troca de previdência privada ganha força com reforma na aposentadoria

29/08/2017

O mercado está pronto para absorver seguros?

29/08/2017

Sincor-SP ressalta importância dos seguros de vida e previdência para população e o mercado

29/08/2017

Pansera: Corretor, chegou a hora do recadastramento

24/08/2017

Como romper paradigmas no mercado de seguros?

20/07/2017

Planos de previdência são opção para futuro estável

19/07/2017

Aspecir completa 80 anos de história

18/07/2017

Aspecir 80 anos

06/09/2016

Índice de Confiança do Setor de Seguros tem alta de 62,2% no ano

06/09/2016

Entenda o que são fundos de pensão

06/09/2016

Mercado de seguros de Pessoas movimenta R$ 15 bilhões no 1° semestre

06/09/2016

Cresce a procura por planos de previdência privada no Brasil

15/07/2016

ASPECIR comemora 79 anos

13/07/2016

Indenizações pagas por seguros crescem 12%

13/07/2016

Aplicações em previdência privada aberta cresceram 12,64% em maio

13/07/2016

Aprovada MP que libera uso do 'FGTS' na garantia de empréstimo consignado

13/07/2016

Aplicações em previdência privada aberta cresceram 12,64% em maio

11/07/2016

COMO FUNCIONA O MICROCRÉDITO

08/07/2016

Mercado de seguros de pessoas movimenta R$ 2,65 bilhões em maio

25/05/2016

Seguro de pessoas cresce 2,44% no 1º tri e totaliza R$ 7,13 bi, diz FenaPrevi

25/05/2016

Captação da previdência privada atinge R$ 21,5 bi no 1º tri, diz FenaPrevi

25/05/2016

Judicialização excessiva prejudica todo o mercado

18/05/2016

Projeto de lei para alterar a relação entre clientes, seguradoras e corretores

18/05/2016

Previdência complementar requer atenção aos tributos

28/04/2016

Confiança do setor de seguros sobe 12,8% em abril com cenário político

13/04/2016

Susep muda norma para transferência de carteiras

07/04/2016

Aportes à previdência aberta sobem 24,3% em janeiro, diz FenaPrevi

07/04/2016

Investidores aplicam mais em previdência privada aberta

07/04/2016

Índice de Confiança do Setor de Seguros cresce 10,2% em março

29/03/2016

Cerimônia de outorga da Medalha Cidade de Porto Alegre

28/03/2016

Milton Machado recebe medalha Cidade de Porto Alegre

28/03/2016

Segurada da União recebe prêmio de capitalização

02/03/2016

Setor de seguros reduz faturamento, mas deve crescer 9% Em 2016

02/03/2016

Lideranças do mercado de seguros debatem, em evento na Bahia, futuro do setor à luz dos cenários econômico e político do país

29/02/2016

Susep edita normas para seguradoras, resseguradoras e previdência complementar

11/02/2016

Segurada da União recebe prêmio de capitalização

10/02/2016

Na crise, cresce o desafio de planejar a aposentadoria

08/01/2016

Grupo Aspecir participa de homenagem ao Batalhão de Suez

06/01/2016

Seis fatores para o sucesso da precificação de seguros

06/01/2016

Principais súmulas e decisões de 2015 estão em relatório do Sacha Calmon

06/01/2016

Juros do cartão de crédito chegam a 415,3%

06/01/2016

Nova norma procura legalizar ações irregulares da Líder

30/12/2015

Confiança do setor de seguros cai 20% em 2015

30/12/2015

Susep aprova acordo entre AXA e SulAmérica no segmento de grandes riscos

30/12/2015

Equilíbrio para grandes desafios

30/12/2015

Expectativa é de mudança de rumos em 2016, diz vice-presidente da Anbima

18/12/2015

Setor de seguros deve desacelerar no Brasil em 2016, prevê CNseg

16/12/2015

CNSP Aprova Seis Resoluções Propostas Pela Susep

16/12/2015

Mercado Segurador devolve para a sociedade R$ 300 milhões por dia

24/11/2015

56ª Edição do Festival Hípico Noturno

24/11/2015

Mercado de seguro brasileiro vai resistir à recessão, diz Axa

24/11/2015

VGBL sustenta o faturamento do setor de seguros

12/11/2015

JULIO MACHADO REPRESENTANTE DO MERCADO GAÚCHO NA CHAPA ÚNICA DA FENAPREVI

28/10/2015

Seguro é a saída para fundos de pensão enfrentarem risco de longevidade

28/10/2015

Como se preparar financeiramente para grandes eventos

14/10/2015

Para onde caminha o mercado de seguros

06/10/2015

Aspecir Previdência firma convênio com a FUSEPERGS

05/10/2015

Tradição e raízes são lembradas no 13° Troféu JRS

21/09/2015

Com crise, financeiras inovam e emprestam dinheiro pela internet

15/09/2015

9 proteções de seguros pouco óbvias que você tem de conhecer

15/09/2015

Seguros sobre riscos digitais vão triplicar a US$7,5 bi até 2020, atraindo concorrentes, diz estudo

15/09/2015

Com os juros do cartão em alta, saiba como escolher o crédito mais adequado ao seu bolso

15/09/2015

Grupo Aspecir na Semana Farroupilha

11/09/2015

Apesar da crise, vendas de seguros seguem disparando

11/09/2015

Câmara aprova aumento de impostos para seguradoras

11/09/2015

Retirada urgência de projeto que cria a Banrisul Corretora de Seguros

11/09/2015

Contratação de Seguro para Eventos pode ser obrigatória

24/08/2015

Os próximos vinte anos

21/08/2015

Plenário aprova prazo máximo de 30 dias para seguradoras pagarem indenização

19/08/2015

Rede privada suspende empréstimos consignados

14/08/2015

Grupo Aspecir assina contrato com Prefeitura de Viamão

28/07/2015

Avança projeto que torna obrigatória carteira do corretor

28/07/2015

Aumento da Selic é um mal necessário, diz economista

23/07/2015

5 opções de empréstimo que costumam ter juros mais baixos

17/07/2015

Aspecir Previdência comemora 78 anos

14/07/2015

Limite de empréstimo consignado sobe de 30% para 35%

07/07/2015

Índice de Confiança do Setor de Seguros fecha o semestre em queda

15/06/2015

Poupar cedo garante faculdade dos filhos

25/05/2015

Ciência Atuarial tem ganhado destaque em casos de previdência complementar

20/05/2015

Entenda a diferença entre seguro de vida individual e coletivo

14/05/2015

Previc: normas para investimentos em infraestrutura devem sair em agosto

12/05/2015

Setor de seguros cresce 22,4% no ano

13/04/2015

Joaquim Levy ressalta a importância do Seguro na vida das pessoas

28/10/2015

Seguro é a saída para fundos de pensão enfrentarem risco de longevidade


O aumento da expectativa de vida dos brasileiros criou um desafio a mais para os fundos de pensão. A situação deficitária de muitos fundos, que já na atualidade acumulam um rombo estimado em R$ 36 bilhões, pode se agravar e muito se não for implantado e aprovado rapidamente o seguro para o risco de longevidade. Esta foi a conclusão da atuária Magali Zeller, da consultoria AT Service Atuarial, durante sua participação em Palestra do Meio-Dia da APTS, realizada no dia 21 de outubro, quando apresentou o tema “Prática Atuarial e Longevidade
Segundo ela, o envelhecimento acelerado da população, as transformações na estrutura do mercado de trabalho e os desequilíbrios fiscais da economia brasileira podem impactar na solvência dos fundos e comprometer o pagamento de benefícios aos participantes, por ocasião da aposentadoria. Nesse aspecto, Magali destacou que a Resolução nº 17/2015, do Conselho Nacional da Previdência Complementar (CNPC), permitiu às entidades compartilhar do risco de longevidade com as seguradoras, atendendo os interesses de fundos de pensão, seus patrocinadores, participantes e assistidos.
O seguro longevidade para fundo de pensão ainda não foi aprovado na Susep, mas a expectativa é que a partir de 2016 já esteja disponível. “A cobertura de longevidade resolve um aspecto crítico, trazendo benefícios para a população ao oferecer uma proteção previdenciária efetiva para quem irá se aposentar dentro de 15 ou 20 anos”, disse. Segundo ela, a formatação do produto, sua precificação e custos, devem garantir ao menos uma renda mínima a partir de determinado momento, seja pela compra de anuidades ou pela contratação de benefício diferido vitalício.
Modelos de transferência de risco
Na opinião de Magali, diante desse desafio demográfico, o seguro longevidade para fundos de pensão seria a única alternativa. Em sua palestra, ela analisou a viabilidade de alguns modelos de transferência do risco de longevidade ao mercado de seguros. Um, é o que prevê a retirada de patrocínio. “Ao fazer a retirada de patrocínio, empresas contribuintes transferem todos os ativos e passivos para uma seguradora, que assume todas as responsabilidades do fundo de pensão”, explicou.
O desenhado deste modelo serve para o fundo de pensão fechado e totalmente financiado, composto, em sua maioria, por pensionistas e membros em gozo de benefício, que tenha grande impacto no balanço da empresa patrocinadora. “Neste caso, a empresa patrocinadora terá de simplificar a estrutura de governança”, sugeriu.
Em outro modelo, o fundo de pensão permanece intacto, com todos os seus participantes, e apenas a parte do risco atuarial e financeira é removida. Segundo Magali, este modelo pode ser instaurado independentemente do nível de reservas do fundo de pensão. É mais indicado para patrocinadoras que queiram minimizar o impacto do fundo em seu balanço ou para o fundo que pretenda fazer a retirada do patrocínio ou apenas remover riscos, permanecendo com o controle.
Outra maneira de promover a transferência parcial de riscos atuariais e financeiros dos fundos de pensão ao seguro é por meio de anuidades. A anuidade poderia contemplar um período mais longo da vida do participante – entre 65 e 85 anos (temporária) - ou mais curto – a partir dos 85 anos (diferida).  Neste caso, Magali explica que o modelo pode ser aplicado apenas para alguns participantes, com contrato individual com a seguradora e possibilidade de portabilidade de formação de reserva para a obtenção de renda. A proteção contra longevidade seria embutida nos planos de renda vitalícia.
Já no seguro de longevidade, não haveria troca de ativos. De acordo com a atuária, os fluxos de caixa seriam trocados a cada período e os pagamentos fixos e flutuantes liquidados (encontro de contas). “O contrato deve ter colaterais para proteger ambas as partes de risco de crédito”, disse. Na prática, o fundo de pensão compra a proteção do seguro e a seguradora, por sua vez, garante os pagamentos mensais para os pensionistas existentes (desde que o fundo de pensão tenha desembolsos conhecidos previamente). “Em troca, o fundo pagaria um prêmio de risco, que é incluído na curva de desembolso acordada, com a possibilidade de recomprar o contrato no futuro, caso tenha interesse”, disse.
Solução
Magali defende que a prática atuarial é fundamental para prever cenários futuros, por meio da análise de riscos e expectativas. Segundo ela, a gestão de riscos consiste no mapeamento e identificação dos riscos inerentes ao passivo atuarial de cada plano de benefícios, considerando as hipóteses biométricas, demográficas, econômicas e financeiras, seus regimes financeiros e métodos de financiamento. O resultado será a definição da Matriz de Risco Atuarial, contemplando o mapeamento e a identificação de fatores potenciais de risco, quantificação, ajuste, controle e acompanhamento do processo.
Para Magali, cabe aos atuários e ao mercado segurador desenvolver práticas que possam minimizar em seus cálculos o risco da longevidade. “Um plano que tenha seu passivo mal precificado certamente terá um custo maior para contratar o seguro, do ponto de vista da regulação”, afirmou.

Fonte: Portal Nacional de Seguros por Márcia Alves
logotipo zepol